Mobilização afeta aulas na UFSM e nas escolas estaduais além dos bancos
10/08/2018 11:04 em Notícias

Veja as escolas estaduais que aderiram à paralisação desta sexta-feira

A sexta-feira será marcada por mobilizações de diferentes categorias em Santa Maria. Os professores da rede estadual de ensino e da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) vão paralisar, e os alunos das instituições não terão aula hoje (veja a lista das escolas paralisadas abaixo). Os servidores da UFSM também aderiram à paralisação que integra o Dia Nacional de Mobilização, chamado de Dia do Basta. Além disso, bancários prometem uma mobilização, e as agências poderão abrir mais tarde, a partir do meio-dia. 

Aiesec promove evento para integrar intercambistas e comunidade

- É a data nacional para protestar, em especial, contra toda a retirada de direitos na educação, contra os 32 meses de parcelamentos, contra a reforma do Ensino Médio e contra a base nacional comum curricular - explica o diretor geral do 2º Núcleo do Cpers, Rafael Torres. 

Na última terça-feira, os professores da UFSM também votaram pela paralisação. Com isso, a instituição não terá aulas nesta sexta. 

A mobilização, que contará com a participação dos servidores da instituição, será um ato de repúdio à reforma da Previdência, Reforma Trabalhista e Lei das Terceirizações. Hoje, o Restaurante Universitário servirá almoço apenas no RU Campus II para alunos com benefício socioeconômico ativo.

33ª Jornada Acadêmica Integrada foi lançada hoje na UFSM

BANCOS
Em assembleia organizada na quarta-feira, os bancários não aceitaram a proposta da Federação Brasileira de Bancos (Fenaban) mas recusaram a ideia  de paralisação nesta sexta. Eles devem se reunir, a partir das 10h na Praça Saldanha Marinho e algumas agências podem funcionar só a partir do meio-dia, conforme foi proposto na assembleia da categoria. O Diário conversou com as gerências de Banrisul, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal nesta quinta-feira, mas não havia uma decisão sobre a abertura. Os clientes devem ficar atentos porque a situação pode mudar de agência para agência.

ESCOLAS ESTADUAIS

Não têm aulas hoje

  • Manoel Ribas
  • Coronel Pilar
  • Margarida Lopes
  • Érico Veríssimo
  • Edna May Cardoso
  • Almiro Beltrame
  • João Link Sobrinho
  • Marechal Rondon
  • Padre Caetano

Aula normal

  • Cícero Barreto, Augusto Ruschi, Paulo Lauda, Rômulo Zanchi, Naura Teixeira, Edson Figueiredo, Antônio Xavier da Rocha, Luiz Guilherme do Prado Veppo, Princesa Isabel, Tancredo Neves, Arroio Grande, Humberto Campos (Case), Reinaldo Fernando Coser, Santa Marta, Boca do Monte, Tiradentes, Yvyra Ijá Tenonde Vera Miri (escola indígena guarani)

Períodos reduzidos 

  •  Irmão José Otão
  • Gomes Carneiro
  • João Belém
  • Marieta D'Ambrosio
  • Cilon Rosa
  • Maria Rocha 

Outras escolas

  • Dom Antônio Reis - Não souberam informar
  • Walter Jobim - Manhã e noite não terão aulas, e a tarde terá períodos reduzidos
  • Celina de Moraes - Turno da manhã não terá aulas. Os turnos da tarde e da noite não tinham definição até a noite de quinta-feira
  • Paulo Freire - Não tinha definição até a noite de quinta-feira
  • Olavo Bilac - Não atendeu as ligações
  • Augusto Opè da Silva (escola indígena caingangue) - Não atendeu às ligações do Diário

Fonte: DIÁRIO DE SANTA MARIA

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE