Um jovem de 19 anos foi morto por engano dentro de um hospital no Vale do Sinos
09/11/2018 09:52 em Notícias

Criminosos invadiram o Hospital Centenário, em São Leopoldo, no Vale do Sinos, por volta das 4h desta sexta-feira (09), e mataram a tiros, por engano, um paciente de 19 anos que estava internado no local após sofrer um acidente de trânsito na BR-116, no dia 1º deste mês.

A vítima foi identificada como Gabriel Vilas Boas Minossi. Outras duas pessoas foram atingidas pelos disparos. Elas não correm risco de morte, de acordo com a instituição de saúde. O alvo da quadrilha, de acordo com a Polícia Civil, era um outro paciente, de 28 anos, que havia sido baleado no município.

Os bandidos invadiram o hospital fortemente armados e renderam funcionários. Após a execução, eles fugiram em um carro. A polícia analisa imagens de câmeras de segurança do local. Ninguém foi preso.

A segurança foi reforçada no Hospital Centenário. Localizada na avenida Theodomiro Porto da Fonseca, 799, no bairro Fião, em São Leopoldo, a instituição de saúde foi inaugurada em 15 de fevereiro de 1931.

Prisões

Um homem foi preso e dois adolescentes foram apreendidos pela Polícia Civil em uma residência em São Leopoldo na quinta-feira (08). A ação foi realizada por equipes da 2ª Delegacia de Polícia da cidade, que chegaram até o local depois de buscas a um carro roubado.

Na casa, além de recuperar o veículo – que estava com placas clonadas –, os policiais civis encontraram dois coletes balísticos, um mandado de busca falso, uma chave utilizada para destravar fechaduras e cinco camisetas da Polícia Civil.

Segundo as investigações, o trio teria roubado diversos objetos na região do Vale dos Sinos. Os adolescentes, inclusive, foram reconhecidos pela proprietária do veículo roubado.

Fonte: O SUL

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE