O Hospital Regional de Santa Maria ganhou mais cinco leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) - via Sistema Único de Saúde (SUS) - exclusivos para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. O complexo hospitalar conquistou, ainda no mês passado, 10 novos leitos junto à ala da Covid-19. A previsão era que, na semana passada, todos já estivessem devidamente instalados e prontos para uma eventual demanda. 

Porém, em decorrência de um atraso na entrega de alguns equipamentos - por parte dos fornecedores, por problemas de logística de transporte - isso acabou não acontecendo. Os outros cinco leitos anunciados estão à espera de bombas de infusão - há dificuldades para a compra do equipamento com os fornecedores, devido à grande demanda mundial.

A garantia desses novos leitos de UTI foi possível em decorrência da atuação conjunta da Justiça Federal de Santa Maria e do Ministério Público (MP) do Trabalho, que fizeram a doação de R$ 216,6 mil para agilizar a abertura de mais 10 leitos de UTI junto ao Hospital Regional. Essa situação vinha sendo tratada, desde o mês passado, com a SES e teve a importante mediação do Ministério Público Federal (MPF).

Santa Maria recebe 7ª rodada da pesquisa sobre coronavírus neste fim de semana

Ao todo, o Regional possui 15 leitos de UTI e 40 leitos clínicos exclusivos de atendimento a pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19.

TAXA DE OCUPAÇÃO  
Com a inclusão destes cinco leitos de UTI e a reabilitação de mais 10 do Hospital de Caridade Dr. Astrogildo de Azevedo, ainda na quarta-feira, a taxa de ocupação em leitos intensivos na região, que estava aumentando durante a semana, caiu.  

Na quarta-feira, antes do acréscimo desses 15 leitos, o índice de hospitalizações na região de Santa Maria - que abrange 32 municípios e conta com 26 hospitais - estava em 72,5%. Já na quinta, após o sistema registrar os 10 leitos do Hospital de Caridade, a taxa de ocupação baixou para 65,5%. Agora, já com a inclusão dos leitos do Regional, o percentual caiu para 64,5% (última atualização às 15h09min). Os dados são do painel da Secretaria Estadual de Saúde (SES), que monitora a situação dos leitos em todo o Rio Grande do Sul.

Ao todo, a região conta com 124 leitos de UTI (Covid e não Covid) adulto. Destes, 80 estão ocupados. A situação mais crítica é do Hospital de Caridade de Santiago, que está com nove das 10 vagas em UTI ocupadas, o que representa 90% de taxa de internação.


A maior parte dos leitos intensivos está concentrada em Santa Maria, que possui 104 leitos de UTI adulto, sendo 64 ocupados, o que significa um índice de hospitalização de 61,5%. O Hospital Regional, que na quinta-feira estava com a taxa de ocupação dos leitos de UTI em 80%, caiu para 40%. Já o Hospital Universitário de Santa Maria (Husm) se mantém com 72,4% das vagas ocupadas, a mais alta no município até o momento.

Fonte: https://diariosm.com.br/not%C3%ADcias/sa%C3%BAde/hospital-regional-de-santa-maria-abre-mais-cinco-leitos-de-uti-para-covid-19-1.2251732


Deixe seu Comentário