Salão Verde apresenta o aplicativo RADIS Cerrado, desenvolvido por cientistas da Universidade de Brasília (UnB). Trata-se de ferramenta gratuita, facilmente instalável em celulares e tablets, para auxiliar agricultores familiares e assentamentos da reforma agrária na regularização fundiária por meio do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e, principalmente, no monitoramento da restauração da vegetação nativa do Cerrado, um dos biomas mais devastados do país. Os indicadores ambientais do RADIS são baseados no Código Florestal (Lei 12.651/12) e em normas estaduais. O quadro “GeoLógicas” mostra o atual nível de devastação do Cerrado. O programa também trata dos esforços dos deputados e do poder público para melhorar a conectividade nas zonas rurais por meio de internet banda larga e redes móveis. Em plena expansão da tecnologia 5G, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) admite que cerca de 12 mil povoados brasileiros não têm qualquer tipo de conectividade. Foto: Cegafi/UnB

Pontos de vista nesta edição: Íris Roitman, engenheira florestal, doutora em ecologia e pesquisadora colaboradora no Programa de Pós-graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural da Universidade de Brasília (UnB); Bruno Maciel, agricultor familiar no Assentamento Roseli Nunes, em Planaltina-DF; Leonardo Euler, presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel); Cleber Soares, diretor de inovação agropecuária do Ministério da Agricultura; e deputados Pedro Uczai (PT-SC)Rodrigo Agostinho (PSB-SP) e Vinícius Poit (Novo-SP).

Produção – Lucélia Cristina
Edição e pesquisa – José Carlos Oliveira

Deixe seu Comentário