Prefeitura de Santa Maria organiza sinalização para início da obra de drenagem da Rua Riachuelo
13/08/2019 18:16 em Notícias

Secretaria de Mobilidade Urbana vai realizar interdições e mudanças de rota de ruas da região

A Prefeitura de Santa Maria, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos, começa, nesta quarta-feira (14), a dar solução à origem de um dos principais problemas de infraestrutura na cidade: os alagamentos. No Centro, a obra de drenagem pluvial da Rua Riachuelo será dividida em três etapas, com duração prevista para 90 dias, e causará mudanças no trânsito de toda a região, com desvio de linhas de ônibus e desativação de uma parada para transporte coletivo (veja mais abaixo).

A obra está prevista para ter início às 9h, com bloqueio total do trânsito no local, o que demandou, para amenizar transtornos, um planejamento especial por parte da Secretaria de Mobilidade Urbana, de acordo com o secretário Orion Ponsi. Placas de sinalização foram posicionadas de forma a indicar a rota alternativa para os motoristas, e equipes da Secretaria estarão nos trajetos para orientá-los. Na tarde desta terça (13), servidores da Coordenadoria Municipal de Trânsito Urbano (CMTU) instalaram o conjunto semafórico que regrará o tráfego para os motoristas que dirigirem no sentido Bairro-Centro da Rua Venâncio Aires, esquina com a André Marques. Eles também pintaram os meio-fios das ruas Dr. Pantaleão e Henrique Dias em que será proibido estacionar (veja no mapa abaixo).

Além disso, servidores da Prefeitura estiveram posicionados ao longo da Riachuelo para informar à população quanto as alterações de trânsito que devem mexer com o itinerário de suas vidas a partir desta quarta. A ação se estendeu das 7h às 17h.

Antes das 9h, o trânsito de veículos estará normal. O secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Francisco Severo, pede aos moradores da região afetada que, se possível, retirem seus veículos das garagens antes desse horário, pois podem encontrar dificuldades de sair por conta do maquinário que estará sobre a via, próximo da parada de ônibus em frente à Receita Federal. As máquinas ficarão estacionadas em ruas adjacentes à Riachuelo até o início dos trabalhos. Ao final do dia, o acesso às garagens será liberado.

Nesta segunda, serão abertas valas na via. Após, haverá o assentamento de tubulações, a manutenção dos bueiros e então o fechamento das valas.

Interdições e mudanças de rotas

Na primeira etapa da obra, haverá interdição total da Rua Riachuelo, no trecho entre as ruas Tuiuti e Ângelo Uglione.

Os ônibus que transitarem pela Rua General Neto em direção à Rua Riachuelo terão o tráfego desviado para a seguinte rota: Riachuelo, Pinheiro Machado, Benjamin Constant, Venâncio Aires e André Marques. Para facilitar o trânsito dos transportes coletivos, o estacionamento na Rua Benjamin Constant, entre as ruas Pinheiro Machado e Venâncio Aires, será proibido (no sentido Bairro-Centro).

Os demais veículos que seguem pela Riachuelo poderão dirigir até a Rua Tuiuti e dobrar à esquerda, seguindo em direção à Rua do Acampamento, além de poder seguir a mesma rota dos ônibus.

Para amenizar congestionamentos, a Rua Venâncio Aires passará a ter sentido único da Rua Benjamin Constant até a Rua André Marques. Já os motoristas que estiverem dirigindo pela Rua Venâncio Aires, a partir da Avenida Rio Branco, terão de acessar a Rua André Marques, dobrando à esquerda. Não será mais possível ir até a Rua Doutor Pantaleão. Além disso, o trânsito na Doutor Pantaleão vai passar a ter sentido único até a Rua Henrique Dias, a partir da Venâncio Aires.

Mudança em parada de ônibus

A mudança de percurso do transporte coletivo acarretará a transferência da parada de desembarque localizada na Rua Riachuelo, junto ao prédio da Receita Federal, para a Rua André Marques, próximo ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em parada já existente no local.

Como fica o acesso para quem mora na região

Para quem mora em algum trecho com tráfego de veículos proibido (ruas Astrogildo de Azevedo, Roque Calage e Ângelo Uglione), será permitido o acesso, ou seja, nesses trechos, haverá apenas acesso local.

Para que isso seja possível, algumas ruas passarão a ter sentido duplo. São elas: Astrogildo de Azevedo, a partir da Acampamento até a Riachuelo; André Marques com Venâncio Aires; e Ângelo Uglione com Roque Calage (será permitido dobrar à direita em direção à Ângelo Uglione).

Nas áreas de trânsito local, será proibido o estacionamento em ambos os lados da rua. No entanto, será possível acessar os estacionamentos particulares (nas ruas Riachuelo, Ângelo Uglione e ao lado do Hotel Morotin).

Mudanças na mobilidade (resumo)

Etapa 1 – Próximos 30 dias: Interdição para todos os veículos. O transporte coletivo cumprirá o trajeto pelas ruas Pinheiro Machado, Benjamin Constant, Venâncio Aires e André Marques. Haverá transferência do terminal de desembarque da Rua Riachuelo para a André Marques, próximo ao INSS.

Linhas de ônibus afetadas

  • Brigada Itararé
  • Carolina/São José
  • Casa de Saúde/Nonoai
  • Jardim Berleze/Maringá e Salgado Filho
  • Camobi/Carlos Gomes
  • C.F. Ferrari, UFSM
  • Parque Riachuelo
  • Minuano/Passo das Tropas
  • Capivara
  • Pau a Pique
  • Vila Rossi/Boi Morto
  • Prado
  • Santa Marta
  • Sete de Dezembro/ABV
  • Big Rodoviária
  • Parque Pinheiro Machado Ulbra (vem do bairro pela Avenida  Presidente Vargas)
  • Santos/Urlândia

Texto: João Pedro Lamas (Mtb 17688)
Fotos: João Vilnei/Prefeitura de Santa Maria
Superintendência de Comunicação
Prefeitura Municipal de Santa Maria

 

 Fotos

                                 
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE