Decreto irá determinar o fechamento de todos os comércios não essenciais do município e restringir a circulação de pessoas, pelo prazo inicial de 15 dias.

No nordeste do estado, o prefeito de Baião, Jadi Nogueira Rodrigues, concordou com o pedido feito pelo promotor de justiça Márcio de Almeida Farias e se comprometeu a editar decreto de lockdown no prazo de 24 horas na cidade.

O decreto irá determinar o fechamento de todos os comércios não essenciais do município e restringir a circulação de pessoas, pelo prazo inicial de 15 dias.

Polícia Militar e Policia Civil serão comunicadas a fim de colaborar na fiscalização.

As informações foram divulgadas na quinta-feira (21). O decreto da Prefeitura de Baião terá como parâmetro o decreto nº 729/2020 do Governo do Estado do Pará determinado o isolamento obrigatório em dez municípios paraenses. “O lockdown, apesar de ser uma medida extrema, é necessária uma vez que os casos de covid-19 aumentaram bastante em Baião nos últimos dias.

Quando ingressamos com a ação civil pública, havia 30 casos, isso foi em 10 maio.

Dez dias depois, os casos o número de casos aumentou para 65 infectados com 3 óbitos.

Portanto, esperamos que o lockdown surta efeito e reduza a contaminação”, disse o promotor Márcio de Almeida Farias. O acordo foi homologado pelo juiz de Baião, Edinaldo Antunes Vieira, que fixou multa diária de R$ 1.000,00 em caso de descumprimento pelo município. Initial plugin text